Matérias

O PODER DO HUMANO NO MUNDO DIGITAL

By 6 de setembro de 2019 No Comments

Portrait of Afro American woman with bushy hair holding fashionable eyeglasses and thinking, blue background.

Com todas as possibilidades de produção garantidas pela tecnologia, uma marca que busca se destacar precisa marcar sua presença no meio digital, estar nas redes, manter um site atualizado e interagir com seu público, para isso existem diversos recursos como as ferramentas de automação, as estratégias da comunicação, investir em anúncios, analisar as métricas. Mas quem gerencia marcas percebe a importância da presença do que é humano, dos registros mais pessoais, nas redes sociais.

Cada vez mais, os usuários das redes sociais estão conectados e a capacidade de interação proporcionada por essas redes se expande. Do Menseger, que permitia ao internauta pedir atenção do contato, fazendo tremer toda a tela de quem estava do outro lado, ao Facebook, que permite um usuário cutucar o outro.

As possibilidades de reações como curtir, amar e até detestar são amplamente usadas também na rede social Facebook. No Instagram, quem publica um storie pode usar um gif, uma música, dar zoom na imagem ou focar.

O Facebook criou uma forma do usuário mostrar como se sente em uma publicação e com direito a escolha de um emoji para acompanhar a informação. Todas essas possibilidades, além de servirem como base de informação para as próprias redes sociais monitorarem seus usuários, serve para o usuário como uma forma de dimensionar seus sentimentos, suas emoções.

Desde alguns anos atrás, com o surgimento dos telefones com tecnologia iOS ou Android e desenvolvimento das redes sociais os usuários podem fazer vídeos ao vivo e, hoje, podem promover enquetes nos stories do Instagram.

Cada vez mais instantâneos, com vários recursos ao seu alcance, os usuários das redes sociais demonstram interesse em acompanhar o que é mais próximo do real, do humano, do cotidiano.

Por isso, uma imagem dos bastidores de uma empresa pode ter mais sucesso do que uma imagem de uma campanha de um produto, mas cada uma delas tem sua função. A campanha de divulgação de um produto tem como objetivo leva-lo ao conhecimento do publico, vende-lo. Já a imagem de bastidor pode criar conexão, gerar empatia, gerar engajamento.

O conteúdo personalizado também ajuda a criar conexão. Na publicidade o conceito de persona, que é traçar o perfil ideal do público, gerar uma identidade para ele, é recorrentemente utilizado para criar também essa conexão. O hábito de responder aos comentários ou pelo menos reagir a eles também é um demonstrativo da presença humana em uma página. Diante das possibilidades das redes sociais, combinar estratégias com detalhes que demonstram também a ação humana é uma forma de gerar conexão.