Matérias

MARKETING E BRANDING PARA A MODA

By 2 de outubro de 2020 No Comments

Atualmente, é comum que as pessoas passem uma parte do tempo dedicada às redes sociais visitando perfis e páginas voltados para a moda em busca de inspiração, do modelo ideal para comprar ou de promoções.

Um dos segredos antigos do marketing para moda, antes mesmo do surgimento das redes sociais, é a fotografia. As pessoas gostam de saber como uma determinada roupa vai ficar no corpo e esse hábito permanece mesmo no cenário mais tecnológico como o atual.

Se a fotografia é sempre um grande trunfo da moda, o espaço para divulgações proporcionado pelas redes sociais é ideal para aproveitar esse método. Os stories são perfeitos para a demonstração do caimento das roupas no corpo, do visual proporcionado pelo calçado nos pés, do chapéu, dos óculos etc.

Nessa perspectiva, se destaca também quem investe em representatividade, agregando mais conexão com o público.  Por falar em conexão, não se esqueça de mostrar os bastidores da moda, a produção das peças, a escolha, os detalhes, para gerar mais proximidade. Os stories também são um bom espaço para a divulgação dos bastidores.

Branding como aliado do marketing e da publicidade para moda:

Por mais que uma marca se destaque e tenha o espaço dela conquistado no meio da moda, o branding pode ajudar a agregar ainda mais conexão com as pessoas, porque ele vai direcionar o destaque para as características principais dela e na forma de relacionamento com todos os públicos.

Às vezes, bastam pequenas mudanças no logotipo para acentuar uma característica ideal da marca e retratar melhor os sentimentos que devem ser despertados durante o contato com esse logotipo. Mas, para entender qual característica deve ser alterada, acentuada e até excluída, é necessário um longo trabalho de pesquisa, análises, testes, troca de ideias, esse é um processo que envolve muita inspiração e transpiração.

Além da identidade visual, o branding desenvolve também os aspectos da comunicação entre a marca e seus públicos,  os funcionários, os consumidores, fornecedores, a sociedade.